A importância da proteção UV nos óculos de sol O excesso de exposição à radiação solar, tem sido o cerne de preocupação de muitos cientistas, que estão, constantemente, procurando maneiras de controlar os danos que os raios de sol têm em nossas vidas. Seja na pele, nos cabelos e nos olhos, é importante estar protegido dessa exposição, evitando, dessa forma, as doenças que podem vir à surgir pelo excesso de sol. A proteção dos olhos é feita a partir do uso de óculos escuros, os famosos “óculos de sol”. Precisamos destacar a importância desse acessório, que irá filtrar a passagem dos raios solares, impedindo que a radiação chegue diretamente aos olhos, prejudicando a visão. Por isso é importante investir em um bom modelo. Independentemente de marca, ou de qual se adequa mais ao seu rosto, é importante que adquira óculos de sol com lentes que tenham tratamento UV, de modo a fazer a barreira dos raios solares para os seus olhos não recebam a incidência do sol diretamente. Esses raios UV (ou ultravioleta), é como é chamada a radiação que vem do sol em ondas. Os raios UV são extremamente importantes para a manutenção da vida na Terra, pois através desse calor é possível que o ciclo da vida sempre se reinicie. Porém, o que faz a filtração natural dos raios UV é a camada de ozônio. Ela age como um escudo protetor, permitindo que apenas uma parcela da radiação passe, controlando, portanto, a nossa exposição à ela. O problema é que os buracos na camada de ozônio permitem que a radiação se infiltre sem barreira nenhuma, aumentando o nosso risco. Os raios ultravioleta se dividem em três: UVA, UVB e UVC. Enquanto que o último ainda consegue ser filtrado pela camada de ozônio, o primeiro e o segundo atingem diretamente o nosso corpo. A ação deles, quando em contato com os nossos olhos, pode causar danos severos à longo prazo e, por isso, é fundamental a proteção pelos óculos escuros. Os protetores solares são responsáveis pela proteção de nossa pele, contra os efeitos da radiação solar. Da mesma forma, as lentes escuras dos óculos protegem a pupila da dilatação causada pela claridade, diminuindo a incidência da radiação diretamente em nossos olhos, o que pode causar dano celular cumulativo e, infelizmente, irreversível. As doenças causadas por essa exposição podem se dar em diversos níveis, como a catarata e, em casos mais graves, câncer no globo ocular. Usar óculos com proteção UVA e UVB diminui consideravelmente esse risco, de modo a assegurar a qualidade da nossa visão e dos nossos olhos. É importante perguntar sobre o fator protetivo das suas lentes no ato da compra. Óculos falsificados não possuem essa proteção, mesmo que seja dito que sim. As lentes originais, mesmo mais caras, atuam como a barreira que impede que a radiação solar penetre sua pupila. Ou seja: vai muito além de um acessório da moda. Alie a beleza do óculos de sol, com a segurança da proteção UVA e UVB. Devido aos já existentes buracos na camada de ozônio, a tendência é que a radiação solar continue a se espalhar, seja por nossa pele, ou nos nossos olhos.